27.06.2017
UFS Glória: Bacharelado em Agroindústria será o quarto curso do campus

UFS Glória: Bacharelado em Agroindústria será o quarto curso do campus

Local onde o campus funcionará provisoriamente também já foi definido

O anúncio foi feito ontem, 28, pelo reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), durante visita ao município de Nossa Senhora da Glória, que sediará o campus do sertão. Além deste, mais três cursos serão implantados: Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia. Cada um dos cursos oferecerá cinquenta vagas, que já estarão disponíveis na próxima seleção da UFS, com início das aulas previsto para o segundo semestre de 2015.

Angelo Antoniolli, reitor da UFS, e o governador Jackson Barreto foram juntos até a cidade de Glória para examinar o local onde funcionará provisoriamente o campus do sertão. Recebidos pelo prefeito da cidade, Chico do Correio, eles se mostraram satisfeitos com as instalações, que ficam no bairro Silos e já abrigam o polo de Educação à Distância (EAD) da UFS no município.

Durante a visita, o reitor da UFS parabenizou o povo do sertão pela conquista de um novo campus para a região. “Há mais de sete anos discutimos com esta comunidade a implantação do campus, bem como os cursos que ele contemplaria. A mobilização popular e o engajamento do governador e da classe política sergipana foram essenciais para que conseguíssemos entregar essa aquisição para a comunidade sertaneja. Isso porque o campus do sertão não atendia a nenhum critério que o Ministério da Educação (MEC) apontava como necessário para a expansão das universidades” ressaltou Angelo.

Segundo ele, um desses critérios era a quantidade de habitantes no município que receberia a expansão da UFS. “De acordo com o MEC, o novo campus só poderia ser construído em um município que tivesse uma população de no mínimo cem mil habitantes. Nem Glória nem quase nenhuma cidade de Sergipe atende a esse pré-requisito. Isso significa que a decisão do MEC foi embasada nas necessidades do Estado e demonstra  a força política e pessoal que o governador possui junto ao Governo Federal.”, esclareceu o reitor.

Para o governador Jackson Barreto, o campus de Nossa Senhora da Glória transformará um sonho em realidade. “A juventude inteira dessa região cobrava um campus no sertão. A região é eminentemente agrícola e nela está localizada a maior bacia leiteira  do Estado. É esta a região que dá para Sergipe o título de segundo lugar como produtor de milho do nordeste. Devemos lembrar sempre que o campus não é uma conquista só de Glória, mas de todo o povo sertanejo”, comemorou o governador.

Fazenda modelo

Do pólo da EAD, o reitor Angelo Antoniolli, o governador Jackson Barreto, o prefeito Chico do Correio, os deputados Márcio Macedo, Fábio Reis e Ana Lúcia e políticos da região foram até a local onde será construída a sede definitiva do campus do sertão. Numa área com cerca de cem tarefas, situada na saída do município de Glória em direção a Monte Alegre, será construída uma fazenda modelo, que permitirá que os estudantes aprendam e vivenciem a realidade da vida rural.

“O campus do sertão ficará integrado à comunidade e terá como foco a agricultura familiar. Terá também um modelo de ensino diferenciado, com método ativo de aprendizado, semelhante ao que é aplicado no campus de Lagarto. Nele os estudantes aprenderão na prática, numa constante aproximação com a realidade local. Nesse método, desde o  primeiro período os estudantes estarão em contato com a região. Esperamos que esses  alunos, quando formados, permaneçam no sertão, que fará parte de suas histórias de vida”, concluiu o reitor.

Assessoria de Imprensa do Gabinete do Reitor

comunica.gr@ufs.br

Sobre Gelmson Chagas