22.05.2017

Arquivos de Tag: vírus

Assinatura dos Feeds

Aparelhos com tela sensível ao toque estão infestados de germes, diz estudo

Dispositivos com tela sensível ao toque como iPhones, iPads e BlackBerrys têm mais germes do que um vaso sanitário ou um corrimão de metrô, segundo um estudo divulgaddo no Journal of Applied Microbiology. O estudo também constatou que esses aparelhos são eficientes em espalhar vírus e que compartilhar um iPhone, por exemplo, pode ser tão ruim quanto espirrar na cara de alguém. “Se você está compartilhando o dispositivo, então você está compartilhando seu vírus da gripe com alguém que o toca,” afirmou Timothy Julian, doutorando na Universidade de Stanford e co-autor do estudo, ao jornal Sacramento Bee. É claro que é impossível descobrir quantas pessoas ficaram doentes por germes e vírus transmitidos ao compartilharem algum aparelho eletrônico. Mas esses dispositivos já podem ser considerados items fomentadores de doenças, aqueles objetos que estão em frequente contato com várias pessoas e que têm alta capacidade de transmissão de doenças. >> Designer cria iPhone com diamantes no valor de US$ 8 milhões >> Pesquisadores criam sistema de touchscreen na pele Dentre os objetos que mais transmite vírus de uma pessoa para outra estão os corrimãos, botões de elevadores, teclados de computador e até caixas eletrônicos. Mas, segundo a pesquisa de Julian, a superfície de vidro dos telefones celulares facilita a proliferação de germes e a transferência dos vírus. “Se um vírus estiver na tela de um iPhone, por exemplo, é provável que ele seja transferido para a ponta dos dedos, facilitando a infecção”, disse Julian. Para evitar a transferência de vírus por meio ... Leia Mais »

Dois antivírus: o dobro de problemas por pouca proteção.

Na semana passada, milhares de usuários do antivírus McAfee – o vice-líder de mercado – foram surpreendidos por um alerta de vírus em um componente do Windows. O resultado foram sistemas inoperantes. Quando um antivírus detecta um arquivo inofensivo como se fosse uma praga digital, diz-se que há um falso positivo no programa. Falsos positivos acontecem muito. E o uso de dois antivírus simultaneamente dobra o número de falsos positivos, mas não dá o dobro da proteção. O extinto BlackICE Firewall esteve no centro de um episódio, no mínimo, vergonhoso. O software, que devia proteger o computador contra ataques vindo da rede, tinha uma brecha crítica. Usando-a, um programador conseguiu criar um vírus capaz de infectar automaticamente qualquer usuário do BlackICE. Considerando que o problema estava na própria defesa instalada no PC, a única saída para se proteger era desativar o firewall. O vírus levou 30 minutos para infectar pouco mais de 12 mil computadores e gerar um imenso tráfego na internet. Versões antigas do Norton LiveUpdate não verificavam a procedência dos arquivos a serem instalados no PC. Considerando a popularidade do produto – o antivírus mais usado no mundo – um ataque que envolvesse respostas falsas fingindo ser o servidor da Symantec poderia ter consequências graves. O ataque nunca foi realizado, felizmente, e desde a versão 1.6 o LiveUpdate checa os arquivos antes de instalá-los no computador. Brechas em programas antivírus que envolvem a análise de arquivos ZIP ou RAR são comuns. Um arquivo ZIP ou RAR malicioso, ao ... Leia Mais »

Scroll To Top