27.04.2017
Estudante tem carro furtado em Itabaiana

Estudante tem carro furtado em Itabaiana

Ao chegar ao local indicado, os policiais perceberam que o veículo estava em uma garagem de um estabelecimento conjugado, onde funcionava uma padaria e quatro casas de aluguel.

O 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), recuperou na manhã desta quarta-feira, 18, um veículo que havia sido furtado na noite anterior, por volta das 20h, em frente ao Instituto Federal de Sergipe (IFS). O veículo foi recuperado em uma residência localizada no Centro comercial do município de Itabaiana, distante 58 quilômetros da capital sergipana.

De acordo com os policiais militares, a proprietária, que é aluna do IFS, informou que ao chegar à escola, estacionou o veículo, um Fiat Uno, cor branca, nas proximidades, e durante o intervalo, ao verificar o veículo, percebeu que o mesmo não estava no local deixado anteriormente.

Como o veículo possuía rastreador, após o registro do fato em Boletim de Ocorrência, o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (CIOSP) acionou os militares do 3º BPM, que realizaram o monitoramento do veículo, localizando-o nas mediações do bairro conhecido como “Zé de Melinho”, no Centro comercial de Itabaiana.

Ao chegar ao local indicado, os policiais perceberam que o veículo estava em uma garagem de um estabelecimento conjugado, onde funcionava uma padaria e quatro casas de aluguel. Durante toda madrugada, PMs do 3º BPM fizeram uma verdadeira vigília, culminando com a apreensão do veículo por volta das 06h30 de hoje.

Moradores, assim como o proprietário do estabelecimento, foram conduzidos até a Delegacia de Itabaiana, juntamente com o veículo e a proprietária, para os procedimentos formais.

De acordo com o Major Chaves, comandante do 3º BPM, “é de grande importância o registro do Boletim de Ocorrência pelas partes lesadas,  pois esse instrumento ajuda a Polícia Militar, em trabalho conjunto com a Polícia Civil,  a desvendar com maior êxito os delitos praticados, além de servir de estatística para estudo do mapa da criminalidade local.

Sobre Gelmson Chagas